Esperanto, o poder da comunidade livre

  • Identifique-se para criar novos tópicos neste fórum
  • Visitantes anônimos não podem postar neste fórum
andeon  Regular   Postagens: 62

Bom eu tinha atropelado o post do pastrix sobre aprender português.

Por isto estou aqui criando este novo.

Bom faz uma Semana que descobri o que é Esperanto e me apaixonei pela ideia todos que me conhecem sabem que sou defensor ferrenho do Software Livre. está e o que tem isto haver, Esperanto é muito parecido com a politica do Software Livre.
Como assim É grátis(SL não quer dizer grátis) não é isto que me importa no Sl e sim ter os fontes para estudar e saber como funciona poder modificar e adaptar ao meu, gosto isto é importante. Ele acaba sendo algo de todos nós.

Bom aqui começamos a discutir.
https://xoops.net.br/modules/newbb/viewtopic.php?topic_id=4932&forum=5&post_id=29881#forumpost29881
Imagine se os 3 falassem Esperanto que maravilha eu tenho Meu idioma o português e Esperanto, o Pastrix e Julio Espanhol e Esperanto. Estariamos nos comunicando em um nível maior, veja este pequeno exemplo as possibilidades meus amigos. como seria fácil para todos. Esta seria um Globalização.

Aqui tem um curso grátis indicado pelo Julio.
http://cursodeesperanto.com.br/bazo/index.html?pt

Nos que mexemos com programas e projetos livre e precisamos contato com o mundo todo. Estariamos mais unidos.

Eu não vejo dificuldade em dissiminar isto, quem tiver a visão de como a internet é grande sabe que altamente possivel fazer isto.

O que quero com isto falar olha só que legal e ponto.

1º É descobrir alguém que se comunique neste idioma.
2º Preparar CMS, Espaço, Conteúdo,palavras com audio etc.
3º Ser um cobaia para aprender e em seguida poder ensinar de que maneira(seja gravando minha voz, seja preparando perguntas e respostas). Se todos que aprendessemos e fizessem isto, em pouco tempo esta lingua, estaria dissiminda e estariamos nos comunicando com os povos do mundo todo em pé de igualdade.

Observação: Não sou louco isto é possivel sim, todos sabem disto.
Ninguém acreditou no código do Linus?

Bom o que acham?
Vou procurar pessoas que se comuniquem neste idioma e ver quem esta disposto, quem pode ajudar nisto? (lembrando que isto deve seguir a filosofia do SL sem cobrar).

Se conseguimos fazer barulho vai aparecer um monte de professores cursos relâmpagos e etc. Não sou contra mas se montarmos um espaço ele deve ser Livre.
Se cada um ser um multiplicador imagine o que vai acontecer comunidade.

Quem aqui dúvida do poder das comunidades?

Editado para ser indice:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Esperanto - Definição do Esperanto no Wikipedia.
http://pt.wikibooks.org/wiki/Esperanto - 2 lições.
http://cursodeesperanto.com.br/ - indicado pelo Julio.
http://lernu.net/ - em vários idiomas indicado pelo Julio.
http://institutoesperanto.com.ar/index.htm - portal da argentina em vários idiomas inclusive PT_BR
http://kke.org.br/pt/palestras/que_o_pinguim_esteja_com_você.php - Esperanto sendo Comparado ao Linux.
http://lingvo.org/traduku/ - tradutor e dicionário on-line

Gislaine  Ocasional   Postagens: 36

Se realmente não for muito complexo e moroso para aprender, claro que isto é bem-vindo

Quando tiver o espeço para isto me avise, se não tiver, também me avise que isto eu posso lhe ajudar de imediato

wilson  Iniciante   Postagens: 0

Se não me engano, o mundo já resolveu esta pendenga com o inglês, Hehehehe

Lembrem-se que o esperanto embora seja "acusado" de ser a língua mãe de todas as outras é tão ou mais difícil para se entender, escreve e falar do outras línguas para os não latinos.

Amplexos

andeon  Regular   Postagens: 62

Se eu pensa-se somente deste jeito não ia conhecer o Linux e o SL. Usaria so Windows,asp,access etc. (E a maioria das coisas aprendi com documentação, por aí dos amigos que publicaram material).

Vai dizer que inglês é facil!

O Esperanto não é de uma pais esta é a diferença.
É uma língua artificial.

Veja mais aqui http://pt.wikipedia.org/wiki/Esperanto.

O que estou propondo aqui é um desafio, desculpem meus amigos Brasileros, mas vocês só aderem a porcarias que estão na moda. Com contatos com outras pessoas (fora daqui) elas estavam bem mais recepitivas e prontas a ajudar.

Que desafio é este é provar que podemos fazer. Eu não falo Esperanto mas estou pronto e vou começar a me mexer.

Minha ideia é ter um Espaço para todos os paises.
Fórum para cada pais, fórum Esperanto (com as de pessoas de qualquer pais que aprenderam a escrever no de cada pais).

Olha o que vi aqui.
http://kke.org.br/pt/palestras/que_o_pinguim_esteja_com_você.php

Alguns pontos deste link:
Os Esperantistas foram perseguidos durante a grande guerra. Os defensores do Linux e do Software Livre foram durante muito tempo desprezados pelos setores de RH das empresas e chacotados pelo público em geral;

O Esperanto representa uma solução extraordinária na solução do grave problema da Comunicação Internacional. O Software Livre uma solução extraordinária para o problema da Inclusão Digital;

O Esperanto favorece uma democracia linguística. O Linux favorece uma democracia na escolha do sistema operacional e seus aplicativos;

Bom alguém me de um bom motivo para não acreditar nisto. Em algo que só depende da boa vontade da gente para porder por para funcionar.

Gisa_Iagami eu vou correr atrás sim, se eu descobri que cai do Cavalo. Comunico aqui os problemas, Motivos etc.

Bom vou falar com o JulioNC parece que ele andou pesquisando bastante ver se ele viu algo impeditivo. Proponho que quem quer acreditar nisto, faça a mesma coisa e poste aqui.

Obrigado e eu volto.

João Barroca  Participativo De: Rio de Janeiro, Brasil  Postagens: 98

prezado AndeOn,
Poucas vezes vi algo estão sintetico e elucidativo ao mesmo tempo.

O Esperanto representa uma solução extraordinária na solução do grave problema da Comunicação Internacional. O Software Livre uma solução extraordinária para o problema da Inclusão Digital;

O Esperanto favorece uma democracia linguística. O Linux favorece uma democracia na escolha do sistema operacional e seus aplicativos;

Bom alguém me de um bom motivo para não acreditar nisto. Em algo que só depende da boa vontade da gente para porder por para funcionar.

Meu caro - volte com notícias sim. estou com vontade de aprender. afinal o que é a vida sem os sonhos?
Não basta viver. tem-se que ter razoes para isso.
João Barroca

Albert Einstein  Participativo De: Rio de Janeiro - Brasil  Postagens: 149

Legal! Meu pai e meu irmão mais novo dominam o esperanto e adoram...

andeon  Regular   Postagens: 62

einstein escreveu:
Legal! Meu pai e meu irmão mais novo dominam o esperanto e adoram...

Eisnten será que um deles toparia participar da comunidade a ser criada.
Se você pudesse gravar a voz deles,ou ceder palavras co o significado, qualquer ajuda será bem-vinda.
A minha ideia é a multiplicação!

Pessoal Espero que não fiquem bravos por utilizar este espaço como uma semi base para o projeto.

Assim que um esperantista se juntar a causa teremos um portal vou de codigolivre, ou seria melhor o sourceforge(lá é só para programas não é, se não for).

Mais um local para aprender vários idiomas para o esperanto:
http://lernu.net/
http://lernu.net/lernu.php?loko=/lingvoprezento/alfabeto.php olha a pronuncia clique na letra.
http://institutoesperanto.com.ar/index.htm na argentina em vários idiomas

JulioNC  Iniciante De: Períº  Postagens: 6

Creo que si comensamos en esto, deberiamos crear un pack de esperanto para XOOPS.
Traducir algunos .mo y .deb más populares y hasta crear un liveCD de esperanto en el que se pueda aprender de una manera dinámica y fácil para todos en general.

Eso si, primero debería aprender un poco más y luego incluirme en el proyecto AndeOn.
Aún así cuentas conmigo para el desarrollo de la web, hasta que pueda mejorar mi esperanto.


Disculpen por escribir en español.
No encontre mi traductor:S

pastrix  Iniciante   Postagens: 0

Ola amigos.

Que bueno y lo importante como una lengua libre.

Espero aportar y coloborar en lo que sea necesario.

Saludos.

Atte.

andeon  Regular   Postagens: 62

Contamos com todos que puderem ajudar. A ideia é o portal disponivel e com representantes em todos idiomas,a estrutura deve prever qualquer pessoa(de qualquer nação) que queira se juntar. Multilanguage será importante neste projeto.

Entrei em contato com Lehy ele tem experiência em E-Learning.

Obrigado, amigos.
Gracias, Amigos.
Dankon, amikoj (no plural em esperanto, deve colocar um j "ele tem som de i" no final)

João Barroca  Participativo De: Rio de Janeiro, Brasil  Postagens: 98


O moodle4XOOPS ajudaria?
Quem ministraria o curso ou moderaria os estudos dirigidos?
Beduin

pastrix  Iniciante   Postagens: 0

Ola amigos.

El mx4 trae muchos problemas, creo que seria el XOOPS solo, usando los módulos con el news, article, foros, etc.

Saludos.

JulioNC  Iniciante De: Períº  Postagens: 6

Saluton!
Cómo va el project ?

andeon  Regular   Postagens: 62

Saluton! JulioNC.

Amigo estoy mirando el contacto con la gente de los fluentes en esta lengua a sea en el ayudar capaz nosotros le conocen que la técnica de la pieza del sitio que esto garantizó. El problema es necesidades contentas alguien que puede en ellos supervisar por lo tanto el comienzo es difícil.

Espero que no lo hace retrasa muy, por lo tanto esta idea del esperanto es fantástica.

Amigo estou procurando contato com pessoas fluentes nesta língua para poder nos ajudar sabemos que a parte técnica do portal esta garantida. O Problema é conteúdo precisamos de alguém que possa nos supervisionar porque o começo é difícil.

Espero que não demore muito, porque esta ideia de Esperanto é fantástica.

andeon  Regular   Postagens: 62

Pessoal recebi o retorno no momento de 3 pessoas(Esperantistas), foram muito atenciosos e podem ajudar na medida do possivel, acredito que estamos perto de realizar este projeto.

Bom Quero juntar ideias aqui para montarmos o portal.

Lembrando que ele deve abrigar a estrutura para ser multilanguage. Varios mantenedores no portal.

Ex: o JulinoNC escreve um texto na língua dele e em esperanto eu traduzo para o português. A ideia é aproveitar o material do mundo todo.

Supondo que o pessoal do méxico, frança, alemanha, italia, EUA se junte, imagine quanto material e possibilidade. todos se ajudando mutualmente.

- Pegar textos livre que estão sobre domínio publico geralmente.
- Frases mais usadas para conversar de verdade.
- Gravar audio.

Etc, etc.

Por isto listagem de módulos que pode ser usado é imprescindivel.

Bom o portal será abrigado no códigolivre, CMS XOOPS, que esta de bom tamanho para começar.

Conto com ajuda de todos.

Carlos  Participativo De: Lorena S.P.  Postagens: 74

Legal a ideia.. apesar de não saber nada do idioma, se possivel irei colaborar.

Bem alguns módulos são quase que padrão de qualidade hoje:
-smartFAQ (perguntas e respostas sobre o idioma)
-smartsections (para artigos já que o wf-sections parece que parou no tempo)
-news 1.4
-links ou wf-links.

Quanto a fórum acho melhor evitar até ter uma comunidade de falantes bem formada..(quem iria policiar oque o povo escreve?)

Tem o smart media talvez seja viavel para a parte audivel do portal.

JulioNC  Iniciante De: Períº  Postagens: 6

Saluton!

AndeOn escreveu:
Pessoal recebi o retorno no momento de 3 pessoas, foram muito atenciosos e podem ajudar na medida do possivel, acredito que estamos perto de realizar este projeto.

4 eu também.

Pois seria estupendo iniciar com textos e informação do projeto que não só fique em palavras :)

Eu sigo com meu curso de esperanto:
http://lernu.net/lernu.php?lingvo=es.

Qualquer coisa estamos em contato.

Julio (julinho=português)

Bruno Longo  Iniciante De: Rio de Janeiro / RJ  Postagens: 1

Salutojn!

Mi estas esperantisto kaj jhus eniris chi tiun komunumon por helpi la projekton!

Sou esperantista e acabei de entrar na comunidade para ajudar o projeto!

Estamos aí!

andeon  Regular   Postagens: 62

Bem-vindo Bruno (ne-0) a comunidade, XOOPS.

Bruno é uma das pessoas de vital importância que citei, que ajudará o projeto na medida do possível.

Vamos que vamos precisamos de mais ideias, principalmente sobre multilanguage que é o ponto crucial para o sucesso.

Caso uma pessoa do Japão, Alemanha ou outro pais que se juntar. Teremos mais mantenedores de lingua.

Simplificando a ideia Texto em Esperanto.

Tradução para português,inglês,espanhol etc etc.

Calma pessoa vamos por parte, cada língua tem que ter seu representante não seremos loucos de fazer, Tradução para japonês,Espanhol etc.

Mas o portal tem que estar preparado para receber estas pessoas que queiram traduzir para língua dela entenderam, onde elas serão os mantenedores.

Pessoal do XOOPS vamos alanvacar isto, depois de formados teremos o XOOPS em esperanto e esperamos que outras comunidades de outros SL sigam o exemplo.

Falou.

Gislaine  Ocasional   Postagens: 36

Continuo dentro, não sei nada mas quero aprender e colaborar dentro das possibilidades.

Ja fazendo a propaganda na assinatura XOOPS

Colabore com esta ideia

Cailo  Iniciante   Postagens: 0

Estou fazendo o curso, estava tudo muito bem, até aparecer aquele "acusativo" (n) complicou oq estava simples... na minha opinião podia continuar sem isso.

Outra coisa que achei meio estrava é a palavra generoso, contrário de avarento... como o contrário é "mal", ficamos com: avara=avarento e malavara=generoso... Não tenho certeza, me pareceu estranho isso, porque com os outros exemplos a qualidade é o adjetivo e quandoo se coloca o "mal" não frente, significa que não tem essa qualidade, ex: "amiko / malakmiko", "bela / malbela", "juna / maljuna"... realmente estranho.

No mais, estou gostando muito.

Se alguém puder me exlicar esse acusativo, e o porque dele existir eu agradeço.

Abraços.

andrepedro  Iniciante   Postagens: 0

Bom, vamos lá:

O prefixo "mal" não significa que é mau, ruim ou outra coisa do gênero. Também não significa que a palavra resultante não tem a "qualidade" da palavra original.

"Mal" significa apenas o contrário da palavra original. Foi um recurso que diminiu em pelo menos 50% o vocabulário necessário. Vamos exemplificar o poder do Esperanto:

Aper = raíz que significa "aparecer", "mostrar".
Apero = com o "o" no final, é o substantivo que em português é "aparição".
Aperi = verbo no infinitivo (Aparecer)
Malaperi = verbo no infinitivo, que significa o contrário de "aperi" = Desaparecer.

Viram o poder do Esperanto? Com uma palavra, você forma dúzias de outras que você levaria dias para aprender em outras línguas.

-------------

Em relação ao acusativo, é uma forma de mostar ao receptor do diálogo, sobre quem está sofrendo a ação. Ex:

Em português: Eu te amo.
Em Esperanto (sem acusativo): Mi amas vi.
Mas se não colocarmos o acusativo, eu não sei quem é amado, porque em Esperanto a ordem das palavras não influi em nada, ou seja "Mi amas vi" e "Vi amas mi" não mudariam nada o significado.

Por isso se usa a partícula acusativa (acusa aquele que sofre a ação), que em E-o é o "n" no final da palavra.

Mi amas vin (n após o vi), significa "Eu amo você"
Vi amas nin significa "você me ama".

Observe que "Mi amas vin", "Vin amas Mi", "Vin mi amas", "Mi vin amas", todos significam "Eu te amo".

Isso é usado para facilitar a vida de povos que usam em suas línguas natais ordens diferentes de se montar a frase. Pode parecer estranho no início, mas depois que isso fica bem compreendido, a gente não consegue viver sem ele... rs.
Em português temos exemplo de como esse tipo de procedimento faz faz falta: "João me disse que a sua mãe é uma fofoqueira" - qual mãe é fofoqueira? A mãe do João ou a mãe de quem escutou a fala? Entendeu?

Espero ter ajudado.

André Pedro.
Ni Laboras Kune!

JulioNC  Iniciante De: Períº  Postagens: 6

Saluton André
Kiel vi fartas?
-
Procurando mais informação e lugares sobre esperanto e IDO.
Encontre este lugar feito em XOOPS.

Internacia Televido [presente]

Internacia Televido será o primeiro canal mundial de televisão via internet, com programação variada, utilizando linguagem de rádio, televisão e internet. Na programação da Internacia Televido haverá jornalismo, esportes, entrevistas, variedade, música, cinema, comportamento, culturas exóticas e até culinária. Internautas do mundo todo assistirão os programas do canal ao vivo

mais

http://internacia.tv.
Powered by XOOPS

---
Diccionario esperanto - español en línea AULEX
http://ohui.net/aulex/eo-es/

Adiaŭi.

ĵulo (=Julio)

[edit]
Que surprizo!

http://gxangalo.com/ --> XOOPS
Sitio importante de información internacional (notícias,reportajes.etc)

Konfirmado:
Já tem traduzido ao esperanto a xoops.

ES: Ya tienen traducido al esperanto a xoops.

http://gxangalo.com/hispana --> en español.
http://gxangalo.com/brazilo/ --> em portugués.
[/edit]

Gxangalo  Iniciante   Postagens: 1

Prezados amigos.

Meu nome é Flavio Rebelo, e sou o administrador do portal de notícias e entretenimento Gxangalo.com, em esperanto. Acompanho com satisfação o interesse de vocês pelo esperanto, e por isso mesmo, resolvi 'entrar na conversa', para que a roda não seja inventada duas vezes.

O portal Gxangalo.com é hoje o maior portal em esperanto na rede, não só em variedade de serviços, mas também em conteúdo (mais de 2.300 notícias, 200 artigos, 1.500 blogues e 1.100 mensagens nos fóruns).

Ao invés de criar um portal novo para o esperanto, como se está cogitando neste fórum, proponho que todos os que quiserem ajudar o portal Gxangalo a se tornar ainda maior e melhor para divulgar o esperanto, entre em contato comigo. Trabalho para quem quiser ajudar o esperanto, via XOOPS, não falta conosco! Hehehe.

Flavio

Gxangalo  Iniciante   Postagens: 1

A propósito, eu disse que também sou o administrador da televisão em Esperanto - Internacia Televido? (http://internacia.tv, que tambem funciona em Xoops?)

Flavio ;)

andeon  Regular   Postagens: 62

Gxangalo escreveu:
Prezados amigos.

Meu nome é Flavio Rebelo, e sou o administrador do portal de notícias e entretenimento Gxangalo.com, em esperanto. Acompanho com satisfação o interesse de vocês pelo esperanto, e por isso mesmo, resolvi 'entrar na conversa', para que a roda não seja inventada duas v...

Flavio, nossa intenção não é essa, veja que quem esta apoiando isto são pessoas que estão tentando aprender esperanto com certa dificuldade.

O que queremos fazer é utilizar da experiência dos membros com SL, montar um portal de esperanto para aprender o idioma, como se fosse uma comunidade de Software Livre. Veja o exemplo dos membros e colaboradores daqui, que aprenderam XOOPS e hoje compartilham o conhecimento, isto ocorre em qualquer comunidade de SL. Nos queremos que com esperanto seja o mesmo. Este local será para quem, quer se aventurar no idioma e praticar a ideia é que os membros que aprendam transmintam como ocorre no SL sem distinção. Não temos interesses de ser um portal de contéudo diversos e sim se fixar na divulgação e aprendizado da lingua, reaproveitando qualquer trabalho.

Aproveitando estou fazendo testes com language qual a versão mais indicada de XOOPS para rodar este módulo?

Valeu.

quinhone  Iniciante   Postagens: 8

Cara muito massa esse tópico Hehe, eu comecei a aprender Esperanto há muito tempo atrás, uns 10 anos mais ou menos, estava indo bem até, apesar de estar estudando sozinho em casa, mas quando fui de encontro a Vóz Passiva e Ativa, aí a casa caiu... travou as 4 rodas... aí parei... Se tivesse uma comunidade para ensinar na rede seria ótimo.

Att.

Quinhone.
Cuiabá - MT

mzaloon  Iniciante   Postagens: 2
as400  Iniciante   Postagens: 0

Kiel vi fartas ? Mi estas bona.

Gxangalo  Iniciante   Postagens: 1

Oi, gente.

O nosso portal em Esperanto Gxangalo.com precisa da ajuda dos xoopers Brasileiros e sulamericanos - estamos urgentemente precisando de um módulo clone do Debaser (um 'Debaser2'), mas com os poucos conhecimentos que tenho de php, a coisa não está saindo bem.

Será que alguém do XOOPS pode nos ajudar, por favor, a criar um módulo clonado do Debaser? Já usamos o Debaser, e agora vamos lançar um canal de podcast no nosso portal em Esperanto, mas para isso, precisamos de um outro Debaser, visto que já usamos um para outras coisas.

Aguardo contato!

Obrigado!

Flavio Rebelo.
Gxangalo.com
Gxangalo@gxangalo.com

madrigal  Iniciante De: Águas Claras/DF  Postagens: 1

Wilson escreveu:
Se não me engano, o mundo já resolveu esta pendenga com o inglês, Hehehehe

Lembrem-se que o esperanto embora seja "acusado" de ser a língua mãe de todas as outras é tão ou mais difícil para se entender, escreve e falar do outras línguas para os não latinos.

Amplexos

Meu caro Wilson, desculpe mas você falou besteira agora, quem disse que o inglês resolveu o problema? Aqui em Brasília vamos ter uma palestra como o iniciador do SL e será em inglês, está desestimulando quase todo mundo porque não haverá tradutores.

Quanto à facilidade, realmente para um falante de uma língua indoeuropeia, o vocabulário é mais fácil, mas em compensação até um chinês tem facilidade com a gramática devido à sua estrutura.

Certa vez ouvi uma frase que sempre repito: "
O Esperanto tem um corpo ocidental e uma alma oriental"

Vão fundo na aprendizagem, meu tempo está reduzido mas se precisar de apoio em Brasília estou por aqui.

andeon  Regular   Postagens: 62

Bom vamos por o negocio para funcionar.

Quero ideias para o portal.

Um dos 1º módulos acho que será um wiki porque será o mais util todos poderam editar conteúdo, o wiwimod o que vocês acham?

Quem tiver experiencia com multilaguage da umas dicas aí se será complicado manter o portal em várias linguas? Como o XOOPS se comporta fica lento? já que o texto podera ficar longo!

O codigolivre esta fazendo suas atualizações, mas assim que voltar registro do projeto.

Uma informação legal:

Existe um local que podemos utilizar muito material.

http://domíniopublico.gov.br/

Resumindo são obras de domínio público que podem ser baixadas, impressas e repassadas!

Já pensou ter os textos traduzidos para o esperanto.
Sem brincadeira até literatura infatil podera ajudar porque são textos mundiais, ou qualquer texto que ajude a acompanhar e compreender.

Quem conhecer outros lugares como este que liberam som,texto sob domínio publico.

Falou

Gislaine  Ocasional   Postagens: 36

Anderson

Tu já tem um endereço definitivo?

Qual é a versão de wiki que pretende utilizar?

E por último, existe a possibilidade de uma tradução para o português do XOOPS 100% em esperanto?

Putz faltou mais uma, mas esta vai via MP XOOPS

andeon  Regular   Postagens: 62

Bom Gisa_Iagami e todos, cadastrei o portal no codigolivre a liberação vai acontecer em 72 horas se aprovado mas acredito que será!

Assim que liberado publico aqui o endereço!

A versão do wiki não faço ideia qual você recomenda? e o mais importante qual versão de xoops? porque mesmo que precario o hack multilanguage pretendo utilizar e ouvi falar que algumas versões do XOOPS não funcionam bem com estes sistemas.

O negocio é o seguinte o cara escreve um texto em português e esperanto, entra outra pessoa e escreve em espanhol isto nas notícias,wiki,links etc.

Qual é o melhor language para isto e wiki? podemos ter wiki por idioma estilo wikipedia?

Sim acredito que teremos o XOOPS em esperanto, pode ser um desafio para os que ingressarem no portal para aprender.

O mais importante é quando surgir palavras comuns,ideias,textos,manifestos de certo pais estaremos aprendendo esperanto sim, mas no fundo um pouco da cultura deste pais!

Bem que você pode fixar o post ele tem bastante pageviews, isto é muito bom porque mostra um grande interesse pela causa!

Gislaine  Ocasional   Postagens: 36

Perfeito, já tinha passado da hora mesmo.

Tópico fixado.

Aproveitando o momento que este tópico será visto por muitos membros aqui, um meio off-topic.

Se você encontra no fórum uma informação muito importante que neste tópico tenha resolvido o seu problema, vote no tópico.
Esta votação será avaliada no futuro e irá fazer parte de um bloco especial para ajudar as pessoas a encontrar as informações mais relevantes do fórum.

Faça isto com conciência, esta informação é importante para todos nós. XOOPS

andeon  Regular   Postagens: 62

site esta no ar.

http://esperantolivre.codigolivre.org.br/

Podem começar a se cadastrar lá, Ainda não tem conteúdo mais uma passada la a cada 15 dias garante novidades.

Bom preciso de ajuda nas questões tecnicas e opiniões em quem administra comunidades.

Como por exemplo multilanguage com conteudos fixos acho que se pode usar.

Em fórum podemos criar um tópico para cada pais, desde que já tenha um representante da lingua. Ou fórum para cada lingua.

No wiki penso em vez de utilizar as marcações do multilanguage utilizar uma página para cada idioma senão pode ter sobrecarga?

Outra coisa que proponho é criar uma especie de base com linguagem de informática usada em programas e cms etc. Assim servira para quem que ter seu projeto em várias linguas.
Já que ela terá a palavra em esperanto e o equivalente em respectivos idiomas. Então o utilizador ao consultar sabera o equivalente em português, japonês, espanhol etc.

Bom peço agora! para quem tiver ideias coloque aqui para que possamos melhorarar mais.

Que eu saiba não existe XOOPS no idioma esperanto, então conforme o portal for sendo alimentado acredito que teremos ele traduzido.

Por favor alguém pode me mandar as pastas laguage de espanhol no XOOPS para ele suportar espanhol também! o System e módulos newbb, news, smartmedia e wiwimod. Se não for abusar muito.

andeon  Regular   Postagens: 62

Bom devidos a problema de manter o portal no ar!

Estou decretando a interrupção deste projeto pelas minhas mãos! A ideia é muito interessante sim a mais falada das línguas artificiais. Pelo pouco que acompanhei a curva de aprendizado é muito rápida mesmo.

Este tópico foi uns dos mais lidos antes mesmo de ficar fixo acredito que ajudou a divulgar.

Pena que ficamos sem a tradução para o português do núcleo para esperanto!

Se alguém quiser tocar este projeto fique livre, se perguntarem para alguém do XOOPS ou para mim mesmo acredito que ficaram/ficaremos felizes de indicar os melhores módulos para fazer um portal.

A ideia era um portal "grande" para todos os paises do mundo, usando o language e adicionando novas linguagem conforme fosse surgindo novos membros responsáveis por ela!
"sugestão usem domínio .org "

Pelo que vi não existe projeto assim e reitero "esperantista especialista" a internet seria o melhor meio de divulgação mas desde que olhem para todos indivíduos, já que a linguagem foi feita para ser internacional, para toda a população mundial.

Pois pelo que conheci muitos aspirantes esperantistas esperam este contato com outras culturas, o dialogo em nível maior e não conseguem obter isto.

Nem todos podem ir em congressos,
Nem todos querem conversar só sobre esperanto,
Nem todos querem só conversar com esperantistas Brasileiros,

Isto é longe de ser critica e sim uma sugestão para que este movimento cresça, porque o ideal dele é muito bonito, além de bonito é pratico e funcionaria muito bem Sim!

Podem desprender o tópico!

andrepedro  Iniciante   Postagens: 0

Rapaz,

Que pena! Infelizmente, estou absolutamente sem possibilidades de dividir meu tempo com mais um projeto, senão eu te ajudava nisso.

Mas se no futuro voltar a dispor de um tempo livre, estaremos aí para ajudar.

Ni laboras kune! La Esperanto estas la universala lingvo, kaj ni devas studi kaj divastigi la lingvo en la tuta mondo. Via ideo estas tre bela. Saluton!

André Pedro

Mikhail Miguel  Membro De: Angra dos Reis, RJ, Brasil  Postagens: 2466

Incrível a semelhança deste tópico com um outro do orkut (mais antigo): INTERLINGUA como idioma do Software Livre. Vou tentar resumir: o inglês é o idioma "default" do "opensource", então quem não tem o inglês como idioma nativo sempre estará em desvantagem para uma minoria que diz Yes ao mundo desde criança. Daí surgiu a ideia de utilizar um idioma neutro no "opensource", e o esperanto foi a primeira escolha. Mas... o esperanto possui um esquema de acentuação especial que invibializa a ideia. Daí apereceu a interlingua, um idioma novo, intuitivo, e que não contém acentos: Interlingua es un língua international facile e de aspecto natural elaborate per linguistas professional como un denominator commun del linguas le plus diffundite in le mundo in le domínios del scientia, cultura, commercio, etc. Un texto in interlingua es immediatemente intelligibile a milliones de personas in tote le mundo, sin necessitate de studio previe.

Take a look at he following words: abbreviation, abdication, abduction, abjuration, abolition, abomination, aborigines, absolute, absorption, abstention, abstraction.  You understand them perfectly, because they are English words. They are also French, and with some minor variations in spelling, Italian and Spanish too. Because they are English, French, Italian, and Spanish they may be called international. Actually they were chosen at random from the first pages of the dictionary of Interlingua, where they take their place with over 25,000 similar words.

"Se entendi bem, trata-se de usar interlingua na implementação: nomes de classes, funções, comentários, variáveis etc. Realmente é uma boa ideia porque é desestimulante escrever em português e ter que ignorar os acentos. Mas a vantagem mesmo é fazer um código legível por quase um bilhão de pessoas e que usa palavras que não se confundem com as palavras-chave das linguagens de programação, as quais já foram dominadas pelo inglês. Outra vantagem é simpatia que a ia desperta em quem lê e escreve, contrapondo a antipatia do inglês e seus significados históricos. Outro ponto interessante é que o esperanto, embora falado por mais gente (e ouvido/lido por menos gente) que a interlingua, não daria tão certo porque tem acentos e, acho, outros caracteres não presentes no teclado comum. Não sei se já viram mas até o google e o skype disponibilizam a opção para interlingua, isso mostra que está havendo uma aceitação da mesma. Não conheço outra língua artificial com tais características e conquistas. Para terminar, ia não tem nada a ver com imposição, porque será sempre segunda língua e dificilmente a língua materna, isso se o cara não se contentar em apenas ler os textos.


  • "Um idioma neutro pode ser usado para o desenvolvimento de SL.

  • O idioma neutro não substitui o idioma que aparece para o usuário (l10n,i18n).

  • O idioma neutro facilita e serve como denominador comum em atividades de desenvolvimento (programação, documentação, palavras chaves, comentários em código, nomes de classes).

  • As linguagens de programação não seriam afetadas pelo idioma neutro (quem sabe novas linguagens).

  • Devido a restrições técnicas, seria bom que o idioma neutro não tivesse acentos e/ou caracteres especiais.

  • O idioma mais falado do mundo não é o inglês, é o mandarim. Logo, assim como o Office, o inglês não é padrão técnico, é imposição política.

  • Fora a guerra e questões políticas obscuras (ou nem tanto), são ideias "demagógico - acadêmicas" que, muitas vezes, mudam o mundo."

  Pesquisa avançada






Entrada

Codinome:


Senha:





Perdeu a senha?  |Cadastre-se!


Quem nos visita
Há 13 visitantes neste momento... (4 na seção Fóruns)

Associados: 0
Anônimos: 13

outros...

Banner XOOPS Cube