XOOPS Brasil

 

fsockopen

(PHP 4, PHP 5)

fsockopenAbre um socket de conexão Internet ou de domínio Unix

Descrição

resource fsockopen ( string $hostname [, int $port [, int &$errno [, string &$errstr [, float $timeout ]]]] )

Inicia uma conexão socket para o recurso especificado em hostname.

O PHP suporta alvos na Internet ou domínios Unix, conforme descrito em Lista de Transportes via Socket Suportados. Uma lista dos transportes suportados pode ser buscada utilizando a função stream_get_transports().

Por padrão o socket será aberto em modo de bloqueio. Você pode mudar para o modo desbloqueado utilizando a função stream_set_blocking().

Parâmetros

hostname

Se você compilou com suporte a OpenSSL, você pode colocar os prefixos ssl:// ou tls:// ao hostname para utilizar SSL ou uma conexão cliente TLS sobre TCP/IP para conectar com o host remoto.

port

O número da porta.

errno

Se informado, guarda o número do nível de erro do sistema quando ocorreu a chamada de connect() pelo sistema.

Se o valor retornado em errno é 0 e a função retornou FALSE, é um indicativo que o erro aconteceu antes da chamada de connect(). É bem provável que isso aconteça por um problema de inicialização de socket.

errstr

A mensagem de erro como string.

timeout

Timeout de conexão, em segundos.

Nota:

Se você precisa de um timeout para ler/escrever dados através do socket, use stream_set_timeout(), já que o parâmetro timeout de fsockopen() somente é aplicado na conexão do socket.

Valor Retornado

fsockopen() retorna um ponteiro de arquivo que pode ser usado em em conjunto com outras funções de arquivo (como fgets(), fgetss(), fwrite(), fclose(), e feof()). Se a chamada falhar, ela retornará FALSE.

Histórico

Versão Descrição
4.3.0 Adicionado suporte para o parâmetro timeout no win32.
4.3.0 Suporte a SSL e TLS sobre TCP/IP foi adicionado.
4.0.0 Suporte a UDP foi adicionado.
3.0.9 O parâmetro timeout foi adicionado.

Exemplos

Exemplo #1 fsockopen() Exemplo

<?php
$fp 
fsockopen("www.example.com"80$errno$errstr30);
if (!
$fp) {
    echo 
"$errstr ($errno)<br />\n";
} else {
    
$out "GET / HTTP/1.1\r\n";
    
$out .= "Host: www.example.com\r\n";
    
$out .= "Connection: Close\r\n\r\n";

    
fwrite($fp$out);
    while (!
feof($fp)) {
        echo 
fgets($fp128);
    }
    
fclose($fp);
}
?>

Exemplo #2 Utilizando conexão UDP

O exemplo abaixo mostra como recuperar o valor de dia e hora do serviço UDP (porta 13) da sua própria máquina.

<?php
$fp 
fsockopen("udp://127.0.0.1"13$errno$errstr);
if (!
$fp) {
    echo 
"ERRO: $errno - $errstr<br />\n";
} else {
    
fwrite($fp"\n");
    echo 
fread($fp26);
    
fclose($fp);
}
?>

Notas

Nota:

Dependedendo do ambiente, o domínio Unix ou o opcional timeout de conexão não estarão disponíveis.

Aviso

Sockets UDP algumas vezes irão parecer que foram abertos sem erro, mesmo que o host remoto seja inalcançável. O erro só se tornará aparente quando você ler ou escrever dados de/para o socket. A razão disso é porque o UDP é um protocolo "sem conexão", o que significa que o sistema operacional não tenta estabelecer uma ligação para o socket até que ele realmente precise enviar ou receber dados.

Nota: Quando informando endereços IPv6 numéricos (por exemplo, fe80::1), você precisa englobar o IP entre colchetes. Exemplo: tcp://[fe80::1]:80.

Veja Também