XOOPS WAP Mobile
Notícias
Detalhes:
Título: Guia Básico de SEO para sites Xoops
Autor: admin
Data: 2004-12-08 09:40:00
Conteúdo:
Este é um rascunho sobre
otimização
de sites Xoops em relação aos mecanismos de pesquisa
do Google.
O artigo mescla e adapta vários artigos originais do site Xoops Tips. Há ainda alguns detalhes retirados do site Dasdan, e informações do próprio Google. É uma tradução livre, ou seja, acrescentei algumas informações que achei úteis e retirei outras que achei dispensáveis. Mas creio que o contexto não se alterou.
 



O que é uma implementação de SEO?

SEO é a abreviação em inglês de "Otimizador do mecanismo de pesquisa". Vários SEOs e outros consultores e agências fornecem serviços úteis aos proprietários de sites, desde textos até conselhos sobre a arquitetura do site e como encontrar diretórios relevantes para enviar o site. Porém, alguns SEOs com comportamentos antiéticos são vistos com maus olhos no mundo da informática por suas práticas de marketing exageradamente agressivas e suas tentativas de manipular de forma inadequada os resultados dos mecanismos de pesquisa.

O que é SEO afinal?

SEO é a implementação de uma série de processos ou de procedimentos para fazer seu site e o seu conteúdo serem altamente relevantes para os motores de busca e os sites de pesquisa. A meta do SEO é ajudar a página a atingir melhores posições de acordo com palavras e frases relevantes, assim, direcionando tráfego para o seu site.

Observe que o nome do seu domínio não conta nos termos de palavras chave de busca para SEO. O posicionamento de seu domínio no Search Engine Result Pages (SERPs) não significa nada em relação a classificação, apenas o conteúdo de página conta neste caso.

SEO por si só poderia ser digno de várias centenas de páginas de instruções e dicas. Este guia abordará questões específicas desta implementação, porém direcionaada ao Xoops. O que o guia tratará são algumas dicas que temos experimentado e parecem estar funcionando.

Um esclarecimento: não somos especialistas em SEO e seria bem-vindas correções e/ou sugestões sobre melhoria das técnicas. Estamos a partilhar essas dicas na esperança de que elas possam ser de valia para você. Mas não há nenhuma garantia sobre a sua eficácia.

Este guia é especificamente direcionado para os motores de busca do Google. As técnicas ou dicas mencionadas no presente guia podem ou não se aplicar ao seu caso.



Site Rank X Page Rank

Você deve estar se perguntando sobre a diferença entre page rank e site rank. Site Rank normalmente é reservado para o index.php / index.html de sua página. Se alguém diz que tem um site com PR5, então o que ele está a dizendo é que o sua página inicial tem um PR5.

O conteúdo das páginas internas de seu site estão normalmente abaixo do seu site rank, e são classificados de maneira diferente.

Uma página de conteúdo de um site com um PR5 talvez seja classificada à frente de uma semelhante de um site com um PR6 ou PR7. Um PR alto não significa que o conteúdo será bem classificado. Seu conteúdo de páginas internas serão bem avaliados nos SERPs apenas se você se concentrar sobre os fatores que afetam a classificação das mesmas.

A meta do SEO está em aumentar o seu PageRanK e a classificação de seu conteúdo.

Aprimore seu site Rank

Duas coisas que impactam diretamente na sua classificação são os links direcionados a sua página e a atualização constante do conteúdo. O Google possui uma fórmula secreta para atribuir pesos para os dois fatores. Ninguém sabe qual percentual eles atribuem a cada um dos fatores, mas uma coisa é clara os links exercem grande porção do peso.

O Xoops.org tem um PR8 em grande parte devido ao fato de que existem milhares de links direcionados para esta página.

Os Links direcionados para seu site exercem um certo peso e desempenham um importante fator na determinação do seu PR. Um site pode ter um PR5 devido a um único link de um site PR8.

Portanto, a fim de aumentar o seu PR precisa receber tantos links quantos forem possíveis de sites com PR melhor.

O conteúdo pode desempenhar um papel menor no PR de seu site, mas eles são o foco essencial da sua implementação de SEO – direcionar tráfego para as páginas de conteúdo através de motores de busca. Um site com um PR6 e muito pouco conteúdo não atraem muito tráfego e não é digno de todos os esforços.

No âmbito de aumentar o seu PR duas coisas devem ser evitadas:

Diretório de sites usando MyLinks ou módulo semelhante
NÃO envie seu site cegamente para um diretórios de sites com maior PR. Se o diretório roda em módulos como MyLinks, Weblinks, Xdirectory ou outro mecanismo que redireciona e conta cliques para o site - evite-os, especialmente se o site tem pouco conteúdo e se o diretório é o principal componente do site.

A razão para os evitar é que esses sites estão muito provávelmente usando o código 302 de redirecionamento temporário para criar um link para seu site. Se o link para o site vier a ser clicado em com alta freqüência por googlebots, então sua página inicial pode ser "invadida" pelos sites.

O diretório MyLinks do Xoops.org tem o potencial de desviar quaisquer sites listados nele. Felizmente os Googlebots não rastream o diretório diariamente em todos os links.

Portanto, se você está enviando o seu site para um diretório ou para troca de links com outro site ou parceiro, certifique-se de que o link é direto para o seu site. Fora isso, não há muito valor a ser ganho.



Não utilize URL intercambiáveis

O Xoops oferece uma grande flexibilidade de utilização de formas para acessar seu site, www.xoopslab.info ou xoopslab.info por exemplo. Isso também gera confusão potencial para os spiders/bots. Eles enxergam os dois como locais diferentes. Além disso, se os bots dividirem seu tempo indexando tanto www.xoopslab.info quanto xoopslab.info você corre o risco de ser rotulado como se estivese realizando espelhamento de conteúdo. O Google não é muito gentil com espelhamento. Você pode diminuir o PR de seu site acidentalmente.

Para usar um URL fixo derterminado você precisa primeiro decidir sobre o formato que deseja. Uma vez que você tomou a decisão deve se certificar que o mainfile.php e arquivos do tema estão configurados corretamente. Nós temos visto pessoas usando URL's intercambiáveis em seu tema. Faça a você mesmo um favor, torne o seu site coerente.

Seja consistente na publicidade de sua URL como nas assinatura nos fóruns de comunidades Xoops por exemplo. Se você definiu seu site para www.xoopslab.info, então não diga ao mundo para encontrá-lo no em xoopslab.info. Googlebots irão seguir xoopslab.info para chegar ao seu site. Para evitar URL's intercambiáveis você precisará criar um redirecionamento permanente 301 utilizando o .htaccess no diretório raiz de seu site Xoops. Veja como:

Abra o arquivo .htacess e adicione estes dados para redirecionar a URL sem "www" para a URL com "www":

Citando:

RewriteCond %{HTTP_HOST} !^www\.xoopslab\.info
RewriteRule (.*) http://www.xoopslab.info/$1 [R=301,L]


E para o contrário adicione os dados abaixo:

Citando:

RewriteCond %{HTTP_HOST} !^xoopslab\.info
RewriteRule (.*) http://xoopslab.info/$1 [R=301,L]


Obviamente substitua Xoopslab pelo seu endereço.

Aumentando a classificação de sua página e conteúdo

Ok, você tem feito muito esforço para obter links direcionados e você conseguiu aumentar o seu PR, mas o conteúdo do site não se mostra bem nos SERPs. Porquê? Porque você percorreu apenas meio caminho de todo processo SEO.

Com base em nossa própria experiência, três coisas são importantes fatores e afetam as posições de seu conteúdo nos SERPs:
1) O seu PR
2) Títulos das páginas
3) Frequência da indexação das páginas

Importância do seu PR

Como mencionamos, um site com um bom PR não é garantia para seu conteúdo estar bem posicionado nas SERPs, mas você não pode isso fazer sem este detalhe. As pessoas não vão encontrar suas páginas se o seu site tiver um valor PR3 ou menos. Apenas páginas pegas pelos Googlebots podem ter sua página inicial e várias páginas indexadas. Se a suas outras páginas não são indexadas, em seguida, as pessoas não conseguem encontrá-las. Para tornar o seu conteúdo pesquisável, eles devem ser indexados ou profundamente rastreados por Googlebots.

Outro benefício direto de possuir um bom PR é que Googlebots podem ficar mais tempo em sites com PR's altos, aumentando assim a probabilidade de todos as páginas de conteúdo serem indexadas.

Títulos das páginas

Uma vez que você tenha obtido um PR4 ou superior, o Googlebots fará uma profunda indexação em seu site e você deve se concentrar em mais e mais coisas, como títulos das páginas ou palavras-chave META customizadas. Os títulos das páginas desempenham um papel extremamente importante na determinação da sua classificação nas SERPs. Se tivermos duas páginas semelhantes a partir de dois locais diferentes e elas tiverem o mesmo PR, a página com um título terá classificação melhor do que a página que não possui.

Para se destacar de outras páginas você deve ter um título para cada página do site.

O módulo News do Xoops tem implementado internamente um sistema de títulos de página. Se os módulos que você estiver usando não possui um sistema de títulos você terá de adicioná-lo aos módulos a fim de aumentar a sua classificação. Adicionar títulos as páginas parece ser uma tarefa complicada, mas é bastante simples de fazer.

Mudança em ação

Exemplo: Módulo Evennews
Página: message.php
Meta: Mostrar como título de página o Assunto da Mensagem

Eis o código

Citando:

<?php
require('header.php');
$dirname = $xoopsModule->dirname();

if (isset($_POST['action']))
$action = $_POST['action'];
else if (isset($_GET['action']) && !isset($_POST['action']))
$action = $_GET['action'];
else
$action = '';

$mess_id = isset($_POST['mess_id']) ? intval($_POST['mess_id']) :
intval($HTTP_GET_VARS['mess_id']);

if ($action == 'view_mess') {
$sql = "SELECT * FROM " . $xoopsDB->prefix("evennews_messages") .
" WHERE mess_id=$mess_id";
$arr = $xoopsDB->fetchArray($xoopsDB->query($sql));

$xoopsOption['template_main'] = 'evennews_message.html';
include(XOOPS_ROOT_PATH.'/header.php'); // Include the page header

$xoopsTpl->assign('lang_date', _EN_TIME);
$xoopsTpl->assign('lang_from', _EN_FROM);
$xoopsTpl->assign('lang_subject', _EN_SUBJECT);
$xoopsTpl->assign('lang_message', _EN_MESSAGE_BODY);

$xoopsTpl->assign('en_title', sprintf(_EN_VIEW_MESS, $arr['mess_id']));
$xoopsTpl->assign('en_messagetime',
formatTimestamp($arr['time_sent'], "D d-M-Y"));
// $xoopsTpl->assign('en_messagefrom', $arr['mess_from']);
// comment up newsletter admin email address to prevent spamming
$xoopsTpl->assign('en_messagefrom', 'newsletter admin');
$xoopsTpl->assign('en_subject', $arr['subject']);
$xoopsTpl->assign('en_message', $arr['message']);

// Include the page footer
include(XOOPS_ROOT_PATH.'/footer.php');
} else {
redirect_header('archives.php',1,"");
}
?>


Note que as informações recuperadas do banco de dados estão listadas em um array:

Citando:

$arr = $xoopsDB->fetchArray($xoopsDB->query($sql));


O assunto pode ser chamado como $arr['subject']. Agora podemos adicionar isto no arquivo e atribuir um Título a página:

Citando:

<?php
require('header.php');
$dirname = $xoopsModule->dirname();

if (isset($_POST['action']))
$action = $_POST['action'];
else if (isset($_GET['action']) && !isset($_POST['action']))
$action = $_GET['action'];
else
$action = '';

$mess_id = isset($_POST['mess_id']) ? intval($_POST['mess_id']) :
intval($HTTP_GET_VARS['mess_id']);

if ($action == 'view_mess') {
$sql = "SELECT * FROM " . $xoopsDB->prefix("evennews_messages") . "
WHERE mess_id=$mess_id";
$arr = $xoopsDB->fetchArray($xoopsDB->query($sql));

$xoopsOption['template_main'] = 'evennews_message.html';
include(XOOPS_ROOT_PATH.'/header.php'); // Include the page header

$xoopsTpl->assign('lang_date', _EN_TIME);
$xoopsTpl->assign('lang_from', _EN_FROM);
$xoopsTpl->assign('lang_subject', _EN_SUBJECT);
$xoopsTpl->assign('lang_message', _EN_MESSAGE_BODY);

$xoopsTpl->assign('en_title', sprintf(_EN_VIEW_MESS, $arr['mess_id']));
$xoopsTpl->assign('en_messagetime',
formatTimestamp($arr['time_sent'], "D d-M-Y"));
// $xoopsTpl->assign('en_messagefrom', $arr['mess_from']);
// comment up newsletter admin email address to prevent spamming
$xoopsTpl->assign('en_messagefrom', 'newsletter admin');
$xoopsTpl->assign('en_subject', $arr['subject']);
$xoopsTpl->assign('en_message', $arr['message']);


$ptitle = $arr['subject'];
$xoopsTpl->assign('xoops_pagetitle', $ptitle);


// Include the page footer
include(XOOPS_ROOT_PATH.'/footer.php');
} else {
redirect_header('archives.php',1,"");
}
?>


Assim temos um título de página para cada mensagem. Assim como foi feito neste exemplo esta alteração é semelhante nos demais módulos se for seguida a mesma lógica.

Freqüência da indexação das páginas de conteúdo pelos Spider/bots

Todos os outros fatores são iguais, uma página indexada pelo Googlebots tem maior chance de ser indicada à frente de páginas semelhantes que foram indexados há vários dias atrás, mesmo à frente de conteúdos de sites com maior PRs.

Para ter uma maior freqüência de indexação do conteúdo de seu site, como já discutimos anteriormente, você primeiro deve ter um maior PR. Em segundo lugar você deve ter um conteúdo amigável para os bots. Como é que eu faço para que este conteúdo seja amigável? A resposta é reescreva tais páginas com URLs curtas ou simplificadass.

URLs curtas ou simplificadas

Algumas pessoas têm duvidado da importância das URLs curtas ou simplificadas porque alegaram que sua execução não teve efeito sobre o seu PR.

Para aumentar o seu PRs você terá que aumentar o número de links recebidos e deve ter conteúdo. URLs curtas e simplificadas não são concebidas para conseguir isso, conseqüentemente não devem ser julgadas dessa forma.

A vantagem de usar URLs curtas ou simplificadas é que eles fazem o seu site ser mais amigável aos spider/bots e ajudam a aumentar a freqüência dos conteúdos que estão sendo indexados por eles cada vez que visitam o site.

URLs XOOPS ou qualquer outra gerada dinamicamente tem problemas com Spider/Bots. Alguém poderia dizer "isto é totalmente errado!". Mas o Google não tem problemas de indexação em relação ao Xoops.org e quaisquer outros sites feitos em XOOPS, portanto, qual é o problema?

O problema não tem nada a ver com o Xoops, mas sim com o Google e outros Spider/Bots. Depois do Spider/Bot detectar query strings na URL ele irá mudar a sua rotina para indexação lenta. Porque ele supõe que o seu site é gerado dinamicamente a partir de uma base de dados, e a fim de não submergir seu servidor ele retarda a velocidade de indexação.

Googlebots tendem a ficar com um site específico por um determinado período de tempo. Eles não ficam para sempre com um site indexado. Quanto maior o PR, maior o tempo que eles assumirão que o site tem conteúdo. Indexação devagar de um site normalmente significa que algumas páginas de conteúdo não poderão ser indexadas.

Xoops.org tem um PR8 mas nem tudo fica indexado por Googlebots.

Porque URLs curtas podem ajudar?

URLs curtas traduzem as URLs dinâmicas Xoops em URLs de HTML que, por sua vez, fazem o Google tratar seu site como uma simples página HTML/PHP estática usando assim velocidade regular de indexação. O resultado final são mais páginas indexadas.

Em segundo lugar, cria-se a ilusão de que todos as suas páginas estão localizadas no diretório raiz e os Googlebots tendem a gostar dessas páginas muito mais do que aquelas dois ou três sub-níveis abaixo.

Esperamos que isto tenha esclarecido a utilidade de URLs curtas e simplificadas e estamos esperando o Xoops implementar um mecanismo opcional para reescrever URL's.

Use Nofollow Meta Tags nos módulos

Uma regra de ouro: se os links em uma página são reservados exclusivamente para o ser humano e não para robôs torne-os assim excluindo-os das indexações usando nofollow metatags.

Há pouca utilização de robôs para "votar", "enviar uma página a um amigo", "comentário", "impressão", e "criar um arquivo PDF". Pegue o módulo News como um exemplo, a impressão e criação de arquivo em PDF gerariam 2 cópias do mesmo conteúdo em seu site. Todos eles serão indexados pelos robôs se você não estiver usando a tag nofollow.

Nofollow em ação

Se você tiver definido a opção Meta Robots "index, follow" nas Preferências »» Meta Tags e Rodapé, certifique-se de adicionar as seguintes 3 linhas em article.php (em todas as versões) e newsbythisauthor.php (na nova versão):

Citando:

//index nofollow
$meta_robots = str_replace( ',follow' , ',nofollow' , $xoopsTpl->get_template_vars( "xoops_meta_robots" ) ) ;
$xoopsTpl->assign( "xoops_meta_robots" , $meta_robots ) ;


Posicione o código acima antes da linha:

Citando:

include_once XOOPS_ROOT_PATH.'/footer.php';
?>


Isto irá informar aos robôs para indexar as páginas somente e não seguirem quaisquer outras ligações no artigo, incluindo "enviar a um amigo", "imprimir", "pdf", e outros links.

Essa dica é especificamente sobre o módulo News, mas a técnica é aplicável a todos os outros módulos.

Palavras-chave

Motores de pesquisa são especialmente contra o enchimento de palavras-chave. A nova versão do módulo News vem com geração automática de palavras-chave e você pode ficar em apuros. Se você prefere usar suas próprias palavras-chave, você pode querer ver esta dica.

O valor das palavras-chave nos motores de busca é muito discutível. O Google não dá atenção nenhuma as palavras-chave. Yahoo! E MSN podem ou não atribuir importância às palavras-chave. Mesmo que eles o façam, o peso pode ser muito menor do que as dos seus títulos de página. Embora não possa ajudar na maioria dos casos não há mal nenhum em uma execução personalizada de palavras-chave. Pretendemos implementar palavras-chave personalizadas para as nossas páginas teremos de fazer algumas alterações explicitadas a seguir.

Isso irá exigir alterações ao arquivo theme.html e em páginas individuais. Peguemos como exemplo um módulo de downloads. Digamos que nós também queiramos incluir o nome do download no metakeywords. O que nós queremos é simplesmente "adicionar" o download em nome no Xoops metakeywords. Vamos atribuir uma variável Smarty para o nome do download e acrescentar como parte do arquivo theme.html.

Aqui estão os passos:

Adicionar no singlefile.php:

Citando:

$xoopsTpl->assign('xoops_customkeywords', $dtitle);


Antes de

Citando:

include XOOPS_ROOT_PATH.'/include/comment_view.php';
include XOOPS_ROOT_PATH.'/footer.php';


Agora perceba que acabamos de criar uma variável Smarty chamada xoops_customkeywords com um valor de $dtitle.
Em seguida, adicione no theme.html a parte em negrito destacada abaixo:

Citando:


<{if $xoops_customkeywords != ' '}>
<meta name="keywords" content="<{$xoops_customkeywords}>,
<{$xoops_meta_keywords}>" />
<{else}>

<meta name="keywords" content="<{$xoops_meta_keywords}>" />

<{/if} >



ATENÇÃO EXTRA:
<($ Xoops_customkeywords se! = '')>
Observe o uso de duas aspas simples e não aspas duplas. Senão for assim você pode ter como resultado uma página em branco.

Este código diz ao Xoops para verificar se a variável smarty xoops_customkeywords foi atribuída. Se ela foi, em seguida, pede para incluir as palavras-chave adicionais as padrão. Se não for assim use as palavras-chave padrão.

Agora você já personalizou as palavras-chave para cada página do seu site. Como o nome indica, é personalizável para que você decidir qualquer informação que você deseja incluir nas palavras-chave. Você poderia simplesmente usar o xoops_pagetitle smarty variável, em vez de criar uma nova variável xoops_customkeywords. Mas, em alguns casos, você não quer incluir como Título da página parte de suas palavras-chave, porque o título é geralmente muito longo. O significado de "palavras-chave" tende a se perder com um longo título de página.

As palavras-chave não são importantes para os motores de busca, seria suficiente usar títulos para suas páginas como palavras-chave.

PHPSessionIDs

Certifique-se de que você não tem PHPSessionIDs abertas para qualquer um dos seus URLs. Faça uma verfificação no Google. Navegue através do resultado para ver se suas URLs estão limpas de PHPSessionIDs.

Para limpar as PHPSessionIDs a sua empresa de host deve ter fixado session.trans_sid como off no PHP.

PHP com session.use_trans_sid ativado irá sempre adicionar um único par de PHPSESSID URLs e as cookies serão rejeitadas (motores de busca não aceitam cookies). Enquanto o session.use_trans_sid ajuda os usuários que a não aceitar cookies, atrapalha na classificação do site nos motores de busca.

Porquê? Seu sites podem ser considerados como páginas com espelhamento próprio se os motores de busca rastrearem páginas com o mesmo URL adicionados com outras IDs. Eles podem achar que você está tentando atribuir vários URLs para exatamente as mesmas páginas e como resultado os motores de busca podem baixar sua classificação ou até mesmo proibir totalmente o seu site. E isto vai totalmente contra a nossa finalidade. Por isso, certifique-se de que você não tem a opção session.trans_sid configurada em seu php.

Um simples phpinfo() irá fornecer-lhe a informação. Você pode desativar esse recurso através de um arquivo .htaccess ou diretamente por código PHP.

No .htaccess você pode adicionar a seguinte linha:

Citando:

php_flag session.use_trans_sid off


E no código PHP localize o arquivo include/common.php e adicione:

Citando:

locate
session_start();
add
ini_set("url_rewriter.tags","");
before session_start();


Se o seu PHP é compilado com o módulo Apache o .htaccess não irá funcionar pois o valor do PHP irá sobrescrever o seu valor local. Apenas o segundo método irá funcionar, pois ele é um modificador em tempo-real.

Certifique-se de que ele funciona, mesmo que tenham sido feitas as mudanças necessárias. E remova o Hack caso suas URLs ainda estejam adicionadas de PHPSESSIDs.

Porque as PHPSessionIDs são ruins para a sua classificação?

Se uma PHPSessionID está aberta em seu site cada vez que o robô visita a mesma URL ela está com um ID diferente. O robô vai pensar que é um novo URL e pode continuar a enviar outros robôs para indexar o mesmo URL uma e outra vez. Você pode acabar com numerosas cópias de um mesmo conteúdo e seu site seria penalizado mais cedo ou mais tarde.

Resumo das metas do SEO

Para otimizar o seu site e conteúdo, você deve atingir os seguintes:
1) Googlebots deve fazer uma profunda indexação em seu site a cada dia. Para isso, será necessário continuar a aumentar o seu PR;
2) Googlebots se guiam pelos títulos de página;
3) Googlebots indexam tantas páginas quanto forem possíveis sempre que eles estão visitando seu site. URLs curtas ou simplificadas irão ajudá-lo a conseguir isso.
4) Googlebots perdem tempo indexando páginas que se referem ao mesmo conteúdo. Utiliza a tag nofollow para resolver estes casos;
5) Googlebots não se dedicam as palavras-chave mas se quiseres adicionar estas palavras de maneira persanalizada a sua classificação pode aumentar em outros motores de busca;
6) Googlebots não veêm com bons olhos PHPSessionID abertas. Providencie para que isso não aconteça.

Mais algumas dicas

1. Escreva um código limpo: siga as recomendações e os padrões W3C. Tenha em mente que cada tag que se abre deve se fechar mesmo as br ou hr;

2. Separe o seu conteúdo, layout e scripts. (HTML, CSS, PHP, JavaScript);

3. Evite links irritantes em JavaScript;

4. Otimize suas tags "alt". Lembre-se que motores de busca são como browsers de texto. Eles não podem ler imagens. Use o atributo alt para a tag img para descrever a finalidade de cada imagem. Use o atributo alt = "" para descrever o significado das imagens e use-os para dar significado aos seus visitantes em vez de significado para você e seus colegas. Não esqueça de fechar a tag img;

5. Evite flash para exibição de conteúdo, os motores de busca não podem olhar em arquivos flash. Use flash como você usa imagens. Usar flash para uma loja virtual por exemplo é uma estupidez;

6. Use o DOCTYPE correto;

7. Faça um arquivo robots.txt na raiz de seu site. Dê uma olhada em robotstxt.org;

8. Valide seu código usando o W3C-validator;

9. Ponha conteúdo interessante em seu site e atualize com freqüência;

10. Tenha seu site listado no mais populares mecanismos de busca como Yahoo, Google, hotbot, Lycos, advalvas, metacrawler, ... Não deves confiar em programas para submeter o seu site para 4000 motores de busca de uma vez. Deve se inscrever manualmente. Certifique-se de que seu site está funcionando corretamente antes de enviar. Siga rigorosamente as orientações fornecidas e não tentar enganar apresentando várias vezes.

Basta ter paciência, SEO não acontece em um clique ou uma semana. Pode levar até semanas, meses antes de motores de pesquisa rastrearem seu site.

Declarações finais sobre SEO

SEO é digno seus esforços? A resposta é sim. Mas tenha sempre em mente o grande fato: Tráfego na Web através de um crescimento orgânico é sempre melhor do que tráfego direcionado por motor de pesquisa. O tráfego gerado através de motores de busca deve ser utilizado para complementar o seu crescimento orgânico.

Até que o seu site cresça a uma estatura do Xoops.org por exemplo você pode trabalhar diligentemente com várias técnicas de SEO vindo a crescer lentamente. Mantenha técnicas simples de SEO não superiores a otimização.




<< 1 ..141 (142) 143 ..335 >>